LF Idiomas

imagem para o artigo sobre transição de carreira

Transição de carreira: o que é e como realizar?

A transição de carreira é vista como um caminho para pessoas que desejam mudar de área ou para quem procura novas oportunidades no mercado de trabalho. 

A insatisfação de estar muito tempo no mesmo cargo, não ter tempo para estar com a família ou até falta de oportunidades na área de formação podem levar o profissional a considerar a mudança de rumos na vida profissional.

Se você está pensando em mudar de área, veja a seguir o nosso artigo explicando como funciona a transição de carreira na prática e confira algumas dicas para você começar este processo de maneira segura.

O que é a transição de carreira?

Trata-se de uma mudança de atuação profissional, podendo ser na mesma área de atuação ou para uma nova profissão.

Um profissional da área de TI pode querer sair da área de programação para se tornar um administrador de banco de dados.

Outro exemplo é a mudança de profissão, como um administrador que decide sair da sua área de formação e iniciar uma carreira como enfermeiro.

Quais são as razões para considerar uma transição de carreira?

Entre os motivos mais comuns para considerar a transição de carreira, podemos citar:

Falta de perspectiva com a área de atuação

A falta de oportunidades na área de formação e a saturação do mercado podem levar à insatisfação e desmotivação a continuar trabalhando em um determinado segmento.

Estresse e salários baixos

O estresse diário e os salários baixos contribuem para tornar o dia a dia de várias profissões mais difícil.

Qualidade de vida

O trabalho excessivo, falta de tempo para estar com a família e descansar, além da falta de qualidade de vida são fatores que geram insatisfação em muitos profissionais, ainda que o salário recebido seja alto.

Descoberta de novos interesses

Nem todas as transições de carreira surgem de situações negativas. Muitos profissionais descobrem novos hobbies e interesses e começam a planejar uma mudança na vida profissional. 

5 passos para fazer uma transição de carreira segura

1 – Avalie sua carreira

Comece analisando a sua situação profissional e qual o futuro você imagina para sua carreira, para assim planejar o caminho para chegar aos seus objetivos. 

É válido refletir sobre como você imagina sua rotina profissional, quais atividades gostaria de realizar e quais são as áreas de interesse na hora de avaliar sua carreira.

2 – Estude o mercado que deseja atuar

Você sabe quais são os requisitos para atuar na área que despertou seu interesse? Para algumas profissões, basta ter uma pequena experiência informal para atuar no segmento. Entretanto, algumas profissões são mais regulamentadas e podem exigir uma nova graduação ou pós-graduação.

Para atuar na área da saúde, por exemplo, é necessário realizar um curso técnico ou uma graduação, pois exige um preparo para atuar como profissional.

3 – Faça cursos

Procure adquirir as habilidades necessárias para atuar na área desejada, realizando cursos e treinamentos. Se possível, procure participar de conferências, workshops e feiras do setor, pois além de se qualificar, você terá mais chances de expandir o seu networking e encontrar novas oportunidades.

4 – Adquira experiência na área

Nem sempre conseguimos experiência registrada em carteira na área que desejamos entrar. No entanto, podemos entrar em contato com a profissão que desejamos atuar por meio de trabalhos voluntários, projetos ou atuando como freelancer.

Adquirir alguma vivência na área pode abrir para futuras oportunidades profissionais.

5 – Planeje-se financeiramente

Depois de ter realizado a transição de carreira, é provável que sua remuneração seja abaixo do que estava acostumado, pois estará entrando em uma área como iniciante.

Portanto, é importante ter uma reserva financeira para não ter grandes problemas no início da sua nova carreira.

Conclusão

A transição de carreira exige planejamento, sendo recomendado seguir algumas etapas para sua mudança de área ser bem sucedida. Não é recomendado largar o emprego atual de vez e tentar uma vaga na nova área de atuação, pois você pode não conseguir uma oportunidade e se prejudicar. Adquira habilidades e experiências até conseguir se estabelecer na nova carreira.

Acesse nosso blog e confira dicas de idiomas e desenvolvimento profissional.

Por Henrique Vidal Romano, produtor de conteúdo e analista de mídias sociais.

Compartilhe este conteúdo nas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.